=D

Síndrome do super humano invertido

Já faz algum tempo que eu tenho uma sensação, e sinceramente tenho notado que não sou o único, então queria falar sobre isso e ao mesmo tempo que falo sobre as coisas que eu faço para melhorar essa sensação, espero receber feedbacks sobre como outros têm lidado com isso… E que sensação é essa? Eu chamo ela de “síndrome do super humano invertido”, mas não se apavore com o nome, é basicamente a sensação de que tu és “uma pessoa normal entre deuses”…

Você testa seu Dockerfile? Deveria...

Então você escreveu seu Dockerfile seguindo as Melhores práticas e tudo mais, agora não precisa fazer mais nada, certo? Que tal colocar um teste nesse Dockerfile? Como assim teste no Dockerfile? Assim como foi descrito neste artigo do Rafael Gomes, se o container é definido por código, ele precisa ser testado também. Note que o que está sendo descrito aqui é a parte mais rápida (e simples) dos testes, que é um lint do arquivo.

Animais DevOps: onde vivem? do que se alimentam?

Não sei quanto a vocês, mas volta e meia lendo algum post/artigo/texto/whatever, em alguma palestra, ou ouvindo algum Podcast eu acabo lendo/vendo/ouvindo várias piadas/gírias (principalmente envolvendo animais por algum motivo) e fico me sentindo “o cara de fora”, como se aquele texto/palestra/etc não fosse pra mim, afinal todos os outros entenderam a piada/gíria (ou ao menos parecem ter entendido). O que não me parece ser uma coisa boa, principalmente porque a cultura devops é extremamente inclusiva (ao menos do meu ponto de vista).

Rodando aplicações GUI em Docker

Já roda serviços usando containers em Docker? Que tal rodar também as suas aplicações GUI com ele? Isso mesmo, estou falando de rodar seu browser, editor de texto, jogos, enfim… Porque? X11 em Docker parece ser complicado Isso é bem simples (ou ao menos mais do que se imagina) e te dá um controle absurdo sobre a aplicação… Não quer que o aplicativo acesse a rede/internet por algum motivo? Só usar a flag --net null.

Comandos úteis no docker

Seguem alguns comandos úteis pro Docker, no momento são alguns one-liners, mas não serão limitados a isto (quando tiver novas idéias irei atualizar, ou caso alguém queira contribuir…) Remover todos os containers docker rm -f $(docker ps -qa) Remover os containers parados (status exited) docker rm $(docker ps -qf status=exited) Parar todos os containers docker stop $(docker ps -q) Remover todas as imagens locais docker rmi $(docker images -qa) Remove imagens sem tag (nome e tag = <none> no docker images)

Continuous Delivery "fora da caixa"

Vou contar a história de 3 pessoas: Juca, Ana e Pedro. Eles estão fazendo um trabalho escolar e cada um pegou uma parte do trabalho pra fazer. Assim que vão fazendo algo na sua parte do trabalho enviam aos seus colegas como está indo a sua parte, e vão corrigindo o que os colegas sugerem. Como seu editor de texto possui verificação automática de ortografia, o texto vai sendo corrigido enquanto escrevem e eles se preocupam mais com o conteúdo do texto.

Hugo + GitLab + GitLab CI = win!

O sistema do blog foi migrado do WordPress para Hugo pois: Se o conteúdo do blog é completamente estático, porque ele precisa ser gerado dinamicamente? Eu queria brincar com um sistema novo :p (já conhecia por cima o jekyll, já que ele foi usado na lista do telegram) Como? No início eu simplesmente converti o conteúdo do WordPress para markdown, gerei o conteúdo estático (html, estrutura dos diretórios, enfim…) usando uma imagem Docker do Hugo e fiz upload do conteúdo da pasta public/ para o meu host… Mas daí eu pensei “tem de ter um jeito automatizado de fazer isso…”

Links de grupos de TI no telegram

Update: O grande Rafael Gomes (@gomex) elevou a lista a um novo patamar… a lista agora é gerada no Jekyll a partir de um repositório no github, o que isso significa? Que agora ela é mantida pela comunidade, e não mais centralizada comigo, o que é ótimo! NOVO ENDEREÇO Vou manter a lista abaixo como estava no momento da transição por motivos de lembrança Me passaram essa lista de links de convite e eu imagino que pode ser útil pra alguém procurando grupos para participar

Instalando e configurando a impressora Bematech MP-4200 TH no linux

Vou explicar em duas versões, uma curta e prática e uma mais longa, mostrando todo o processo passado (assim caso não funcione a curta pode-se seguir os meus passos e descobrir onde está o problema) Caso descubra algo novo, comente o que fez ou um link para o teu post com os passos e afins (assim como o farei no blog do Rafael Sierra) Versão Texto muito longo, nemli nemlerei: